Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diogo Limão

Recursos Humanos

Espaço RH: Os 5C do bom CV

Espaço RH - Os 5C do bom CV.png

 

Não existe nenhuma fórmula mágica para construir um bom CV. Todos eles são diferentes... Contudo o segredo está na forma como se escolhe a informação a colocar, e como se insere na disposição escolhida. Conheça os meus 5Cs que o podem orientar.

 

Ao escrever o texto sobre os CV com personalidade, vim a reparar em alguns pontos interessantes na ideia que queria transmitir. Fui pegar em exemplos que já tinha visto anteriormente, pensar neles, e verificar se existiam características que convergiam para a ideia que tinha. 

 

A seguir, em forma de pontos, apresento-lhe aqueles que eu chamo de 5C's do CV, explicando-os, sucintamente, de seguida.

 

5Cs do CV

  • CLEAN

O seu CV deve ser agradável à leitura. Dessa forma, o fundo branco é das melhores opções que pode utilizar. Se produzir o seu CV num processador de texto, tem o trabalho facilitado porque manterá a cor original do fundo. Clean significa "limpo" e é dessa forma que o seu documento dever-se-á apresentar. Tome atenção que, mesmo mudando a cor, o texto deverá ser completamente legível. Fora títulos, no que toca à cor do texto, a cor preta é a mais segura. O estilo de letra escolhido deverá ser o menos artístico possível, já que é um documento formal (salvo algumas excepções, na minha opinião, como para funções mais criativas). Não deverão existir erros ortográficos. Há que ter cuidado com as abreviaturas que faz.

 

  • CURTO

A sua regra de ouro deverá ser um currículo de 2 páginas ou menos. Não é admissível, num documento desta natureza, incluir informações que não sejam relevantes para evidenciar cargos ou competências. Mantenha o essencial que mostre o melhor de si.

 

  • CARÁTER

O objetivo do seu currículo é mostrar ao recrutador quem está por detrás daquele documento. Seja o mais fiel possível a si próprio e não invente informação pessoal/académica/profissional que não exista e que não seja, de alguma forma, comprovável. Procure evidenciar a sua marca pessoal e mostrar, da melhor forma que encontrar, aquilo que o torna ímpar -- aquilo que faria o recrutador pensar que este é o meu candidato ideal e é isto que procuro. Seja honesto.

 

  • COMUNICATIVO

Não se esqueça: em 6 segundos deve conseguir que o recrutador capte o melhor de si. Articule bem a sua mensagem escrita e organize o seu CV por blocos facilmente legíveis e percetíveis, relativamente ao que está a tratar. Evite duplas interpretações daquilo que escreve -- não quereria que isso acontecesse presencialmente, porque o permitirá no CV? E não se esqueça: a informação que colocar deverá ser atualizada. Num bom Curriculum Vitae estão sempre presentes informações pessoais e de contacto; experiência profissional; formação académica; outras formações ou certificações que sejam relevantes para a função; informações sobre conhecimentos de línguas e informática; outras informações relevantes. Adapte o seu currículo às suas necessidades e ao que lhe é solicitado pela função.

 

  • CATIVANTE

No curto tempo de antena que o seu currículo tem na primeira triagem, ele tem de ser uma estrela! O seu design deve ser apelativo: jogue com o visual, se se propuser a isso. Deve ficar na memória de quem o lê!

 

 

Dou-lhe, ainda, mais uma dica: no final imprima o seu CV e mostre a algumas pessoas para que lhe digam o que acham. Peça-lhes para o verem em 6 segundos e pergunte-lhes o que lhes salta à vista. Esse poderá ser um bom feedback para começar.