Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diogo Limão

Recursos Humanos

"Quem o/a pode ajudar a atingir esse objetivo?"

Este vídeo é fenomenal. Já o tinha visto uma vez e partilhei-o, também, nessa altura.

Seguindo a "regra básica" do desenvolvimento humano, uma mesma situação pode ter resultados diferentes, dependendo da mudança que exista nos "pressupostos" a partir dos quais se parte para a ação. Muitos deles são ditados pela experiência e pelo conhecimento acumulado.

Sobre este vídeo, o que me surgiu de diferente, na minha mente, desde aquela primeira altura, foi o seguinte: há sonhos/paixões que por mais fortes e sólidas que sejam -- e que possa, até, parecer que existem todas as condições necessárias para os pôr em prática --, às vezes não chega irmos sozinhos. Há-de haver qualquer coisa (um conhecimento específico, uma ferramenta, um contacto...) que nós não temos e que mais alguém tem. Aqui reside a importância de termos um grupo de influência (tanto profissional como pessoal).

O melhor corredor do mundo não chegou lá sem ser treinado por alguém; a melhor empresa não é feita sozinha...

Quando um coach pergunta: "quem o/a pode ajudar a atingir esse objetivo?" não está a "atirar o barro à parede" para ver se cola. Pergunta-lhe porque é uma pergunta, realmente, PODEROSA e porque tem razão de ser!