Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diogo Limão

Recursos Humanos

07.Nov.18

Uma bomba-relógio nas nossas equipas

Diogo Limão
 Nos últimos meses tenho querido escrever sobre esta ideia: existe uma bomba-relógio nas nossas equipas e, surpresa!, a gestão precária das expetativas e do salário emocional irá decidir se a mesma rebenta mais cedo ou mais tarde. Este é, hoje, o tema sobre o qual recai a minha reflexão. Gerir equipas e Pessoas é difícil e desafiador. Por essa razão, acredito, foram criados tantos cursos sobre gestão de equipas, comportamento organizacional e métodos de gerir as relações (...)
01.Dez.17

Sobre o 1º WS sobre SONHOS & OBJETIVOS

Diogo Limão
 Venho falar-vos, uns dias depois, sobre o meu primeiro Workshop sobre Sonhos & Objetivos, intitulado "Como tornar os Sonhos em Realidade?". Este foi o meu primeiro Workshop Online gratuito, via Skype, para um público até 15 participantes que tivesse interesse em tornar os seus sonhos realidade e, especificamente, aprender algumas ferramentas para tornar esses sonhos em objetivos que pudessem concretizar. Nada substitui um bom processo de coaching, contudo, workshops como este são (...)
02.Abr.17

"Quem o/a pode ajudar a atingir esse objetivo?"

Diogo Limão
Este vídeo é fenomenal. Já o tinha visto uma vez e partilhei-o, também, nessa altura. Seguindo a "regra básica" do desenvolvimento humano, uma mesma situação pode ter resultados diferentes, dependendo da mudança que exista nos "pressupostos" a partir dos quais se parte para a ação. Muitos deles são ditados pela experiência e pelo conhecimento acumulado. Sobre este vídeo, o que me surgiu de diferente, na minha mente, desde aquela primeira altura, foi o seguinte: há sonhos/paixõe (...)
15.Set.16

Gelado de Limão

Diogo Limão
 Vamos lá voltar aos meus textos! Gosto muito de escrever e como tenho estado algum tempo sem escrever uma linha, sequer, para o blogue, está mais do que na altura de o fazer! O tema de hoje é fresco e ainda cheira e sabe a verão. A meteorologia já nos quer trazer o tempo escuro mas nós agarramo-nos ao que podemos, certo!? :) ( Ver mais... )