Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diogo Limão

Coaching & Recursos Humanos

09.Abr.18

As competências fascinam-me!

Diogo Limão
 Drop the bomb: as competências fascinam-me! Passo a explicar: enquanto profissional de Recursos Humanos, freveroso entusiasta de Recrutamento e Seleção e desenvolvimento profissional, defendo claramente a Gestão pelas Competências. Subscrevo -- até certo ponto --, que em grande parte das funções devemos -- como li uma vez numa publicação algures -- "contratar caráter e treinar competências". As competências não são águas paradas: identificam-se, desenvolvem-se e (...)
18.Mar.18

Futurália 2018: Gosto disto!

Diogo Limão
 Terminou ontem os quatro dias de Futurália, a feira de escolas e empregabilidade, que decorreu na FIL, em Lisboa, desde o dia 14 até dia 17 de Março. A empresa que agora represento esteve lá! Hoje escrevo sobre isso!  A última vez que estive na Futurália estava do lado de lá, como aluno. Lembro-me que na minha altura o meu intuito era conhecer quais os cursos superiores que mais me interessavam -- mesmo sendo eu alguém de ideias fixas, pois já tinha decidido que o meu percurso (...)
16.Out.17

Experiências passadas: uma mentalidade de mobilização de competências

Diogo Limão
 Terminei, recentemente, a minha formação em Gestão de Recursos Humanos, a qual me deu um quadro teórico de referência para saber falar e pensar na linguagem dos Recursos Humanos. É ele que me aproxima dos colegas da área, sejam eles estudantes desta área disciplinar, ou trabalhadores ativos no mercado do setor dos Recursos Humanos. Simplificando esta ideia, esta formação permite-me integrar-me num grupo de interesses e conhecimentos comuns porque "falamos a mesma língua". (...)
20.Set.17

Como é bom voltar a "casa"...

Diogo Limão
   Hoje voltei a casa, à Escola Superior que acolheu o meu percurso académico durante três anos, a convite da Diretora de Curso de Licenciatura em Gestão de Recursos Humanos. Hoje aconteceu a receção aos novos alunos da Licenciatura em Gestão de Recursos Humanos da ESCE/IPS. Na apresentação do curso, foi possível, aos alunos, conhecer alguns dos docentes que os acompanharão nesta caminhada, que agora começa. Como aluno finalista daquela Escola e curso, fui convidado pela (...)
18.Ago.17

Espaço RH: Foco é fundamental nas Redes Sociais

Diogo Limão
 O texto de hoje traz-lhe, mais uma vez, uma dica que pode utilizar para potenciar, ainda mais, a sua marca pessoal e profissional. Falemos de Foco. Ele é fundamental para atingirmos os nossos objetivos: sem ele não temos direção nem um incentivo que nos faça levantar todos os dias de manhã, para criar o impacto que queremos deixar nas nossas vidas pessoais, profissionais e na sociedade. E, sabendo disso, qual é a razão de falar dele, no contexto das redes sociais? Todo! E é (...)
28.Abr.17

A recompensa (Parte 1)

Diogo Limão
 Hoje foi um dia de emoções: por mais ansioso que estivesse para terminar esta parte escolar da minha Licenciatura não esperava por isto. Não esperava que seguir em frente totalmente preenchido significaria vulnerabilizar-me e aceitar que se as emoções existem, são para exteriorizar. No fundo, a única coisa que esperava era sentir-me feliz por estar a cumprir um sonho (ainda a 2/3), o de terminar uma licenciatura. Isso consegui! Esta semana tem sido exigente, para mim, a nível (...)
12.Fev.17

Espaço RH: Comunicar com eficácia

Diogo Limão
 Encontrei o vídeo que se segue no meu feed do Facebook. Decidi, então, abrir mão de alguns minutos e ficar para ver este vídeo. Achei-o hilariante mas a verdadeira razão de o partilhar aqui é outra. Podemos, de certa forma, encontrar a principal razão pela qual devemos, quando comunicamos com outros, fazê-lo de forma eficaz! Leia o artigo e descubra essa razão! O processo de comunicação é relativamente simples e é entendido por qualquer um que já alguma vez teve uma (...)
25.Jan.17

Espaço RH: Coachability e Resultados

Diogo Limão
 Com esta publicação inicio o ano de 2017 no meu blogue! Tem sido um inicio de ano civil muito atarefado: final de semestre na minha licenciatura, que vai já no fim. Cada vez mais acredito que devemos fazer muitas coisas ao mesmo tempo mas só uma de cada vez. De facto devemos preencher os nossos dias com várias atividades que nos façam crescer ou que contribuem para os nossos objetivos, de alguma forma, e assim trabalhar o maior número possível de metas da nossa vida. Ainda (...)