Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diogo Limão

Recursos Humanos

Viver no momento: importância da sua integração na nossa vida

bliss.jpg

 

Quer estejamos mais ou menos conscientes da importância de "viver no momento", existe sempre, nem que seja apenas uma razão muito forte (até para os mais ceticos) para que esta forma de estar seja o que precisa para ter resultados ainda melhores.

 

O que é para si estar a "viver no momento"? É estar presente. O que é estar presente? É estar de corpo e alma no que se está a fazer. Muito bem, como é para si, estar de corpo e alma? 

 

Pode fazer este exercício consigo: procure com clareza, dentro da sua mente, o que é para si estar presente e viver no momento. Digo-lhe que parece fácil mas demora até "apanhar o jeito"... Pelo menos para mim tem sido uma caminhada com passos pequenos e tenho procurado fazê-lo o melhor que posso e que sei.

 

Para mim estar presente é estar desligado de tudo o que pode tirar-me a minha concentração da pessoa ou atividade que estou a fazer. É, por exemplo, quando estou numa sessão de coaching, estar completamente focado na pessoa que tenho à minha frente. Ter a minha cabeça e coração ligados com a pessoa de forma a conseguir usar os meus cinco sentidos e a intuição ao serviço de alguém. É difícil e nem sempre consigo com a profundidade que quero, se acontecer estar num dia em que o meu diálogo interno está muito aceso... Tal e qual como você, se estiver à procura de desenvolver essa sua capacidade de estar presente. 

 

Consigo ver algumas situações onde estar presente é vantajoso e traz resultados extraordinários, por exemplo:

  • Qualquer situação de transmissão de conhecimentos (professor/explicador/formador...);
  • Qualquer atividade de ajuda a outro ser humano (psicologia/coaching...);
  • Relação profissional (entrevista de recrutamento, ...);
  • Conversa informal com amigos/familiares;
  • Ler livros;
  • Analisar situações difíceis.

 

Qual é o ponto comum em qualquer uma destas atividades? As mensagens não verbais e pistas corporais que nos podem ser passadas, que sem a máxima atenção que podemos dar, escapam facilmente aos olhos mais distraídos.

"Mas ao ler um livro e a analisar situações difíceis não é possível ter essas pistas... muitas vezes somos só nós...". É verdade, mas a nossa intuição e leitura interior são ferramentas que podemos utilizar a nosso favor. Quantas vezes esteve numa encruzilhada e teve de tomar uma decisão que sentiu que era a melhor porque "sim, mas não sei explicar"?

 

Felizmente, a intuição funciona como um rádio. Conseguimos sintoziná-la em nós!

 

Mas, ela vem, geralmente dessintonizada e precisamos de estar sozinhos, connosco próprios, num nível mais profundo, para a sintonizar aos poucos. Fazemos isso através da meditação e assim ganhar consciência do que é despuletado em nós, ao nível do inconsciente. Assim conseguimos ter consciência das emoções que sentimos em determinado momento, as razões que podem estar por detrás dessas emoções, percebemos qual é o significado que determinadas palavras que nos são ditas estão a ter em nós, entre outras pistas úteis!

Outra dimensão do "estar presente" é ter atenção, literal, à linguagem não-verbal, dos outros com quem interagimos. Nós coaches devemos estar atentos a essas pistas por exemplo, e tentar explorar com o cliente, o significado de ele ter corado em determinada altura da conversa, ou ter silenciado o seu discurso de uma forma que a nossa intuição nos disse que, talvez, fosse interessante esclarecer. 

 

Vamos estar presentes nos nossos dias: não somos extensões dos nossos telemóveis e computadores. Somos pessoas, seres humanos relacionais, que precisam disso mesmo para crescer e evoluir. Vamos estar presentes sobre nós e sobre os outros: essa ferramenta é indispensável para ter sucesso!

 

E para si, o que é estar presente? Faça-me saber o que pensa e o que é para si estar presente, pelas mensagens da página ou pelo email, e poderá ver o seu significado partilhado na minha página do Facebook*!

 

Tenha coragem de seguir o que seu coração e sua intuição dizem. Eles já sabem o que você realmente deseja. Tudo o resto é secundário.
Steve Jobs

 _____

 *Terei o cuidado de ocultar o seu nome e informações pessoas, de forma a garantir a sua confidencialidade.